Blog

Quero tratar os vasinhos mas tenho fobia de agulhas; o que fazer?

Quero tratar os vasinhos mas tenho fobia de agulhas; o que fazer?

5 (100%) 1 vote

Vasinhos & Fobia de Agulhas

Esse texto foi inspirado em muitos comentários de leitores que nos seguem e que reputam como sonho o tratamento dos vasinhos.

Talvez, o que esteja inibindo muitas pessoas ou mesmo você, de buscar um tratamento seja um mito.

Será que é obrigatório usar agulhas no tratamento dos vasinhos?

Certamente, agulhas são instrumentos muito úteis na angiologia, mas não são imprescindíveis. De forma alguma.

Laser Transdérmico: Uma Arma Luminosa

O Laser é um tipo de energia luminosa que pode ser dispensada sobre um alvo específico. Essa energia causa um dano térmico na estrutura, no caso, nossos vasinhos doentes, “as microvarizes”.

Os primeiros aparelhos apresentaram falhas como discernir o vaso dos componentes da pele ou atingir vasos em profundidade maior que um milímetro.

Esses limites técnicos foram superados com o Laser de pulso longo. O Laser Nd:YAG 1064 nm tem sido utilizado em larga escala para tratar as telangiectasias e veias reticulares insuficientes associadas.

Para saber a classificação dos tipos de doença varicosa, clique em Você saberia dizer qual o seu grau de varizes? Ou melhor, você tem varizes ou “vasinhos” ou veias? Saiba quais são as classes de doenças de circulação venosa pela CEAP

Em resumo, a energia luminosa do Laser pode selecionar o alvo, os vasinhos e penetrar o suficiente para atingir as veias num plano mais profundo do que um milímetro. Isso revolucionou o uso do Laser no tratamento das “microvarizes”.

Para saber mais sobre o tratamento dos vasinhos utilizando o Laser 1064, clique em LASER para vasinhos: vantagens e desvantagens

Quais casos podem ser tratados com Laser?

Atualmente, o Laser pode entrar como coadjuvante em quase todos os tratamentos de vasinhos ou de varizes com calibre inferior a 4 milímetros de diâmetro e que estejam em camadas mais superficiais da pele.

Na realidade, é difícil identificar um paciente que não se qualifica para o uso do Laser, exceto em peles cuja cor opacifique completamente os vasos.

Entretanto, o tratamento de vasinhos/ “microvarizes” exclusivamente com Laser transdérmico somente deve ser considerado em casos selecionados.

O especialista apto a discernir o tipo de tratamento deve ser o angiologista. A avaliação clínica e um estudo com ultrassom vascular são peças fundamentais para a proposta terapêutica.

Link sugerido: Você sabe o que faz um angiologista?

Para saber mais sobre o assunto, baixe nosso Ebook: http://materiais.claudiasathler.com/lancamento-ebook-tipos-de-tratamento-para-varizes-e-vasinhos

Sobre o tema varizes e vasinhos, você pode ler mais a respeito no site da Sociedade Mineira de Angiologia e Cirurgia Vascular http://sbacvmg.com.br/site/varizes/

Se você gostou deste conteúdo, curta abaixo e compartilhe nas redes sociais, agradecemos sua visita!

 

Postado em: Informativo

Deixe um Comentário (0) →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AGENDE SUA CONSULTA