Blog

Tratamento de varizes, faça você mesmo!

Tratamento de varizes, faça você mesmo!

Tenho varizes, o que devo fazer?

Em primeiro lugar, queremos desejar a todos os nossos pacientes e amigos visitantes do site um ano produtivo e feliz. Agradecemos a sua companhia nesta caminhada do nosso site, que já está entrando em seu quarto ano de vida. Vamos abordar algumas dicas sobre o tratamento de vasinhos e varizes, do tipo “faça você mesmo”.

É verão, tempo de descanso, férias e praia!

O nosso tema hoje será dedicado àquelas pessoas que tiveram, estão tendo ou terão seu merecido descanso nestes dias de janeiro. Em nosso país, devido ao clima tropical, é tradição buscar os roteiros litorâneos para restaurar as energias.

Saindo da rotina do escritório…

Espero que você seja alguém que consegue relaxar, aproveitar os dias de folga, entendendo que refazer suas forças e renovar a mente é fundamental para a sua integridade física e mental, além de cooperar para a produtividade esperada neste ano.

Entrando no ambiente externo, ao ar livre…

O ideal seria você ter sempre contato com a natureza, mantendo alguma exposição solar regular durante todo o ano, mas o mundo não é perfeito… Alguns, somente quando vão à praia, percebem-se melhor do ponto de vista físico. É quando vemos aquela barriguinha, alguma flacidez nos tecidos e ops! As pernas, assim, expostas e iluminadas pelo sol… essas veias, vasinhos, seria normal? Faça você mesmo, uma inspeção, ou peça ajuda.

O que fazer ao deparar com vasinhos ou veias de aspecto anormal?

Em primeiro lugar, nada de pânico! Provavelmente, você tem estado assim por um bom tempo… Talvez tenha sintomas frequentes e acostumou-se a pensar que faz parte do cansaço geral. Ou, talvez, por ter uma prática regular de exercícios, você mantém o equilíbrio da circulação venosa, mesmo com algum grau de anormalidade. Vamos ajudá-lo para que faça, você mesmo, algum tipo de tratamento para as varizes ou vasos de aparência suspeita.

Não deixe que essa observação perturbe o seu momento de lazer, apenas aproveite para inserir o cuidado com os membros inferiores na agenda de 2018.  Aqueles que nos carregam incansavelmente para onde queremos merecem esse cuidado!

Tratamento de varizes, faça você mesmo!

Abaixo, iremos relacionar alguns cuidados que você pode adotar de imediato, já! São medidas gerais que irão beneficiar a circulação venosa durante as férias, até você retornar e buscar uma ajuda especializada.

1. Movimente-se!!!

A vida digital nos cerca o tempo todo, dispositivos eletrônicos móveis que nos inserem num fascinante mundo virtual, isso pode ser muito bom! Ou muito mal, se houver excesso e descontrole…

Desconectar-se um pouco de vez em quando é uma medida higiênica essencial. Não fique poluído pelo tempo exagerado que passa diante de uma tela. Isso pode ser intoxicante e lesivo à saúde mental e física. Veja matéria interessante a respeito http://g1.globo.com/am/amazonas/amazonas-tv/videos/v/especialistas-orientam-pais-sobre-videogame/6404399/

2. Aproveite para descansar com as pernas para o alto!!!

Essa postura de elevar os membros inferiores deveria ser uma constante em nossas vidas. É extremamente benéfica para as circulações venosa e linfática, especialmente quando os pés estão mais elevados ou no mesmo nível dos ombros. Confira 6 dicas para melhorar a saúde das pernas!

Entretanto, nem sempre será oportuno adotar essa posição em ambiente corporativo ou mesmo durante o trabalho doméstico. Então, aproveite! Essa é a hora! Criando agora esse hábito, você se lembrará de fazê-lo também no dia-a-dia, sempre que possível.

3. Perca peso!!!

O quê??? Isso mesmo! As férias podem ser a oportunidade tão sonhada para eliminar alguns quilinhos, 2 ou 3 já seria um bom começo. Se você não tiver restrições, caminhe diariamente, várias vezes ao dia, na areia, no calçadão, nas trilhas.

Se puder, nade! Pratique esportes aquáticos, se não souber, tente aprender. Jogue frescobol, jogue bola, JOGUE!!!

Enfim, tente escapar do binômio: comer e beber o tempo todo. Faz parte do programa, mas não será tão bom se você não intercalar o prazer gastronômico com outras diversões.

Mensagem Final

Há um limite para o “faça você mesmo”. Os cuidados supracitados são um importante ponto de partida, mas, ao retornar das férias, marque uma consulta com o angiologista, especialista que irá ajudá-lo a se cuidar melhor e recomendar medidas adicionais. Confira Você sabe o que faz um angiologista?

Se você gostou deste conteúdo, curta abaixo e compartilhe nas redes sociais, agradecemos sua visita!

Postado em: Informativo

Deixe um Comentário (0) →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AGENDE SUA CONSULTA