Blog

Microvarizes: nao subestime o problema!

Microvarizes: nao subestime o problema!

5 (100%) 1 vote

Microvarizes: nao subestime o problema!

Inicialmente, lembremos que o mês de setembro começa com um grande responsabilidade: mais de 10 mil visitantes estiveram em nosso site no mês de agosto.

Sendo assim, batemos uma meta: a cada mês, mais e mais pessoas vistam nosso site, querendo conteúdo médico sério e acessível.

No intuito de corresponder a essa expectativa, trouxemos, recentemente, o artigo:

Quem me dera poder tratar as microvarizes e ter pernas atraentes, mas&#8230

Provavelmente, você deve lembrar as 7 objeções que impedem as pessoas que têm microvarizes ou vasinhos nas pernas de buscar tratamento.

Da mesma forma, queremos ressaltar a solução. Começamos hoje, com o primeiro problema.

Microvarizes, porquê nao devo procrastinar?

  1. Microvarizes: constituem uma doença?
  2. Microvarizes: causam sintomas?
  3. Microvarizes: afetam a estética?

Devido ao fato de muitas pessoas apresentarem dúvidas sobre os tópicos acima, iremos “dissecar”cada um deles.

Em primeiro lugar, lembramos que existe uma classificação da doença venosa e as microvarizes configuram um grau do problema.

Leia mais em Classificacao CEAP

A classe CEAP das microvarizes/vasinhos é o grau 1, podendo ter ou não, sintomas. Se você está acima do peso e/ou sedentária (o), provavelmente sente incômodo nas pernas, ao final do dia.

Então, a nossa segunda causa para não adiar o tratamento, é para sentir-se bem, isso não tem preço. E muitos pensam ser normal o sentir dor nas pernas…

Contudo, sentir dor, cãibras ou a sensação de não ter lugar para as pernas pesadas, ao fim do dia, tudo isso não é normal.

Esses sintomas são causados pelo refluxo nesses vasinhos, com aumento da pressão e, consequentemente, liberação de substâncias inflamatórias no sangue.

Em terceiro lugar, lembramos que a aparência das pernas é prejudicada por microvarizes, vasos disformes e doentes.

Resumindo, demos um “sim” a cada uma das perguntas e agora vamos ver algumas dicas para não procrastinar.

Microvarizes, como parar de adiar o problema

Novamente, daremos 3 dicas simples, mas eficazes, se você quiser aproveitar:

  1. DECIDA MUDAR AGORA. Sua tentação será ler mais um pouquinho ou fazer outra coisa, mas isso não o ajudará. Amanhã, você não será melhor que hoje, você deve fazer algo agora. Um decisão mental.
  2. COMPROMETA-SE. Escreva em sua agenda oficial, envie para a secretária, conte a familiares ou amigos: Nesta semana ou neste mês ou neste ano, irei resolver minhas microvarizes.
  3. MUDE UM HÁBITO A PARTIR DE HOJE. Por exemplo, você pode acordar uma hora mais cedo ou tirar meia hora do horário do almoço. Inicialmente, para refletir em como resolver o problema. Depois, novas idéias virão.

RESUMO

Em conclusão, você entendeu que o adiamento indefinido da decisão de tratar as microvarizes tem algumas causas e muitas soluções. Escolha as últimas e combata as primeiras!

Dessa maneira você será muito mais livre e feliz, a partir de hoje.

Comece baixando o nosso EBOOK http://materiais.claudiasathler.com/lancamento-ebook-tipos-de-tratamento-para-varizes-e-vasinhos

Se você gostou desse conteúdo, volte ao início e avalie com 5 estrelinhas! Curta e compartilhe!

Queremos também que deixe o seu comentário e sugestão de qual assunto você gostaria que abordássemos aqui. Abraço!

 

Postado em: Informativo

Deixe um Comentário (0) →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AGENDE SUA CONSULTA